sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Governo economiza R$ 1 bilhão com trabalho remoto de servidores

Foto: Marcello Casal Jr

O governo federal já economizou cerca de R$ 1 bilhão com o trabalho remoto de servidores públicos durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Este valor considera a redução de R$ 859 milhões nos gastos de custeio e a diminuição de R$ 161 milhões nos pagamentos de auxílios para os servidores, entre abril e agosto de 2020. Os dados foram divulgados, hoje (25), em Brasília, pelo Ministério da Economia.

Segundo o ministério, a economia em 5 meses com diárias, passagens e despesas com locomoção chegou a R$ 471.251.670,72. Com serviços de energia elétrica, a redução de gastos foi de R$ 255.547.553,27. A economia com serviços de cópias e reproduções de documentos alcançou R$ 9.732.645,44. E a redução de gastos com serviços de comunicação em geral atingiu R$ 89.565.596,69 e com serviços de água e esgoto, R$ 32.942.306,94.
Auxílios

Ainda em março, o Ministério da Economia informa que orientou os demais órgãos da Administração Pública Federal sobre a autorização para o trabalho remoto com a publicação da Instrução Normativa (IN) nº 28. A norma estabelece regras para a concessão do auxílio-transporte, do adicional noturno e dos adicionais ocupacionais aos servidores e empregados públicos que estejam executando suas atividades remotamente ou que estejam afastados de suas atividades presenciais.

Esta instrução gerou uma economia de R$ 161.452.701,82 aos cofres públicos entre abril e agosto deste ano. Entre os adicionais impactados pela medida estão os de insalubridade, irradiação ionizante, periculosidade, serviço extraordinário e noturno.
Teletrabalho

Para ampliar e normatizar a adoção do teletrabalho, a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SGP/SEDGG) publicou, no fim de julho deste ano, a Instrução Normativa nº 65.

De acordo com o ministério, a norma estabelece orientações para a adoção do regime de teletrabalho nos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec), focando na entrega de resultados e reduzindo despesas administrativas. Atualmente, cerca de 200 órgãos fazem parte deste sistema.

A implantação do programa de gestão é facultativa aos órgãos e entidades da Administração Pública Federal e deve ocorrer em função da conveniência e do interesse do serviço. Além de servidores efetivos, poderão participar do programa ocupantes de cargos em comissão, empregados públicos e contratados temporários. Cada órgão definirá, a partir de suas necessidades, quais atividades poderão ser desempenhadas a distância. Caberá ao dirigente máximo de cada pasta autorizar a implementação do programa.

Agência Brasil 

Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país



O governo federal autorizou a entrada de estrangeiros, de qualquer nacionalidade, em todos os aeroportos do Brasil. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União de ontem (24) e prorroga, por 30 dias, a restrição à entrada de estrangeiros “por rodovias, por outros meios terrestres ou por transporte aquaviário.”

Em julho, o governo já havia liberado parcialmente a entrada de estrangeiros por via aérea, mantendo a restrição nos aeroportos de Mato Grosso do Sul, da Paraíba, de Rondônia, do Rio Grande do Sul e do Tocantins. Já no mês passado, a restrição atingiu os aeroportos nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, do Rio Grande do Sul, de Rondônia, Roraima e do Tocantins.

Desde que os voos internacionais e a entrada de estrangeiros por outras vias foram restringidos em março, em razão da pandemia da covid-19, o governo vem avaliando, mês a mês, as medidas que devem ser mantidas.

A entrada por estrangeiros por via aérea está permitida desde que obedecidos os requisitos migratórios adequados à sua condição, inclusive o de portar visto de entrada, quando este for exigido. Aqueles que vierem ao Brasil para viagem de curta duração, de até 90 dias, deverão apresentar à empresa aérea, antes do embarque, comprovante de aquisição de seguro válido no Brasil, para gastos de saúde.

A portaria conjunta assinada pela Casa Civil e pelos ministérios da Saúde, Infraestrutura, Justiça e Segurança Pública autoriza, excepcionalmente, o estrangeiro que estiver em país de fronteira terrestre com o Brasil e precisar atravessá-la para embarcar em voo de retorno a seu país de residência, a entrar com autorização da Polícia Federal e dirigir-se diretamente ao aeroporto. Para isso, deverá apresentar demanda oficial da embaixada ou do consulado do seu país e os bilhetes aéreos correspondentes.

Agência Brasil 

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Ex-presidente da Câmara de Patrocínio é morto a tiros durante live; assista

Reprodução

O ex-presidente da câmara municipal de Patrocínio e pré-candidato a vereador Cassio Remis, de 37 anos, foi morto na tarde desta quinta-feira (24) em frente à Secretaria de Obras da cidade. O suspeito de cometer o assassinato é o secretário Jorge Marra, de 60 anos, irmão do atual prefeito e candidato à reeleição, Deiró Marra (DEM).

Segundo o Tenente Coronel Salomão Queirós, da Polícia Militar de Patrocínio, antes do assassinato, o pré-candidato pelo PSDB estava fazendo uma transmissão em suas redes sociais na Avenida João Alves do Nascimento, quando foi interrompido pelo secretário que tomou seu aparelho celular. Em seguida, o suspeito saiu do local e foi para a secretaria.

Em outro vídeo que está circulando pela internet é possível ver que Marra quase atropelou a vítima quando ele tentou reaver o telefone. Em seguida, segundo a polícia, Remis atrás do secretário para tentar novamente pegar o telefone. De acordo com a polícia, os dois locais ficam a uma distância de aproximadamente dois quilômetros.

Em frente à secretaria, eles tornaram a brigar e o autor sacou a arma e disparou na cabeça de Remis, que morreu no local. Houve uma concentração de populares e famíliares até a chegada da polícia, que isolou o espaço.O corpo foi periciado e levado para o Instituto Médico Legal de Patrocínio.



O suspeito de autoria do crime fugiu em uma caminhonete branca e a polícia segue em rastreamento pela região.

A denúncia

A vítima denunciava um suposto uso irregular de funcionários da prefeitura na construção de uma calçada na cidade do Triângulo Mineiro. Segundo a PM, a Avenida passa por uma revitalização. No final da transmissão ele diz: "Agora eu pergunto para vocês moradores dessa avenida, quantos de vocês tiveram a condição de ter esse asfaltamento aqui. Ninguém. Aqui, agora chegando o secretário para me agredir." Em seguida, o vídeo foi cortado.

O TEMPO

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Safra mineira de café poderá ter produção recorde em 2020

Foto: Erasmo Pereira/Epamig

Minas Gerais deve alcançar novo recorde na produção de café com o volume estimado de 33,5 milhões de sacas na safra 2020. Caso se confirme, a produção vai superar as 33,4 milhões de sacas de 2018, consideradas recorde da produção mineira.

A estimativa faz parte do 3º Levantamento de Safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que apontou, ainda, o crescimento de 36,3% no volume produzido e ganho de produtividade de 28,7% em relação à safra de 2019.

Segundo o assessor especial de Cafeicultura da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Niwton Morais, os dados são compatíveis com a estimativa apresentada pela Conab em janeiro.

“Esse crescimento na produção é decorrente da bienalidade típica da cafeicultura, que é a alternância entre uma safra alta ou cheia e uma safra baixa. A safra atual se caracteriza pela bienalidade positiva e essa variação é bastante consistente com a expectativa que se tinha. Além disso, as condições climáticas foram favoráveis; não faltou chuva nas principais regiões produtoras, garantindo a qualidade da produção”, explica.

Perspectivas

Na avaliação de Niwton Morais, o volume recorde da produção mineira não deve causar impactos em termos de redução significativa de preço. “Os estoques mundiais de café estão num patamar muito baixo e é possível que se mantenha nesse nível por mais um tempo porque, ainda que a safra brasileira desse ano seja bastante alta, a safra mundial não será tanto. O que se espera é que a reposição de estoque não será grande a ponto de causar uma redução importante no preço”, analisa.

Safra 2020

A produção do café arábica é predominante no estado, respondendo por 99,1% da safra. O Sul de Minas (Sul e Centro-Oeste) é a principal região produtora, representando 54,4% do total de café produzido no estado. A produção da região, nesta safra, deve alcançar 18,2 milhões de sacas, com crescimento de 30,3% em relação à safra anterior. O ganho de produtividade será 20,2% superior alcançando 33,82 sacas por hectares numa área em produção de 538,5 mil hectares.

A Zona da Mata Mineira (Zona da Mata, Rio Doce e Central) deve ter um crescimento de 60,6% no volume produzido, chegando a 8,6 milhões de sacas. A região também vai registrar aumento de 2,6% na área e 56,5% na produtividade.

O Cerrado Mineiro (Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste) terá aumento de 4,5% na área cultivada e 23,6% na produtividade. A produção regional vai alcançar 5,9 milhões de sacas, com crescimento de 29,1% em relação à safra anterior.

Para o Norte de Minas (Norte, Jequitinhonha e Mucuri) é aguardado um pequeno crescimento de 0,7% na área plantada e 13,1% na produtividade. O volume deve alcançar 716 mil toneladas, 13,9% superior à safra passada.

Segundo a Conab, a colheita no estado está em fase final, com previsão de encerramento das atividades em outubro.

Agência Minas 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Governo anuncia início do retorno das atividades escolares presenciais

Foto: Pedro Gontijo/Imprensa MG

Com tendência de estabilização da pandemia no estado, o Governo de Minas Gerais definiu, nesta quinta-feira (23/9), a data de 5 de outubro para o início do retorno às atividades escolares presenciais. Esse é o primeiro movimento para a volta gradual às aulas presenciais em todo o estado. Seguindo rígidas regras e protocolos sanitários, as escolas públicas e privadas poderão retornar às atividades presenciais apenas nas regiões inseridas na onda verde do plano Minas Consciente. Já o ensino superior poderá voltar às aulas presenciais nas regiões contempladas na onda amarela do plano, sendo que faculdades poderão retornar às atividades presenciais já na próxima semana.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, explicou que as definições foram baseadas em estudos técnicos e epidemiológicos do Comitê Extraordinário Covid-19, levando em conta a controlada taxa de ocupação dos leitos, índices estáveis de transmissão e contágio, além do controle de surtos e a tendência geral de queda de casos e óbitos diários da covid-19.

“Temos alguns pontos em comum com os países que tiveram avaliação satisfatória para abrir as escolas. Primeiro, eles estavam em curva de contágio estável e decrescente, como estamos em Minas. Depois, a adoção de medidas sanitárias de distanciamento, o que orientamos desde o início da pandemia e a cada dia aprimoramos mais. E o monitoramento constante, que é a característica do Minas Consciente, o que fazemos há cerca de cinco meses”, disse o secretário.

Na prática, os cursos de educação superior, incluindo graduação e pós-graduação, além de cursos de formação livres, estarão aptos a retornar às atividades presenciais nas regiões inseridas na onda amarela do plano Minas Consciente. As aulas nessas instituições estão autorizadas a partir da publicação do protocolo sanitário da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), previsto para a próxima semana, com recomendações como distanciamento social e uso de máscaras de proteção.

Protocolo e autonomia

Já a educação básica, incluindo a educação infantil e os ensinos fundamental e médio, poderão retornar presencialmente apenas nas regiões incluídas na onda verde do Minas Consciente. A partir da publicação do protocolo sanitário do Estado, a decisão da abertura de quaisquer escolas será dos municípios, segundo o secretário Geral Mateus Simões. “Onde os municípios não autorizarem a reabertura, ela não ocorrerá, assim como é no Minas Consciente. O poder municipal é a palavra final em cada cidade. E cada escola decidirá as suas próprias estratégias no que diz respeito ao ensino particular, assim como as municipais no que diz respeito ao município”, disse.

O protocolo de saúde será único e aplicado a todas as escolas. As redes particular e municipal, no entanto, terão autonomia para definir a estratégia de retorno, como a ordem das turmas que retornarão às salas de aula e se as aulas já começarão no dia 5/10.

No caso das 3,6 mil escolas estaduais, a secretária de Educação Julia Sant’Anna explicou que a volta às atividades presenciais dos alunos do 3º ano do ensino médio está prevista para o próximo dia 19 de outubro. Antes disso, a partir do dia 5 de outubro, professores e diretores serão convocados para o planejamento do retorno. A partir de orientações da Secretaria de Estado de Educação (SEE), em conjunto com as evoluções de ondas do plano Minas Consciente, gradualmente outras turmas retornarão, seguindo os critérios sanitários de segurança definidos pelo governo.

Frequência

Nas escolas estaduais não haverá falta ou perda do dia letivo para os alunos que não comparecerem às aulas presenciais, pois será mantido o regime de estudo não presencial, que é integrado pelas teleaulas, pelo aplicativo Conexão Escola e pelo Plano de Estudo Tutorado (PET). Como ressalva, pessoas com mais de 60 anos e com comorbidades serão dispensadas das atividades presenciais.

“Não será obrigatório, por isso vamos manter as aulas online. Entendemos que o 3º ano tem a situação mais difícil e complicada, tendo em vista a aproximação do Enem. E reforçando o ponto de que a oferta das estratégias presenciais será progressiva e realizada com todo o cuidado. As aulas presenciais estarão focadas em fixação dos conteúdos que já vêm sendo trabalhados na educação remota”, explicou a secretária.

Minas Consciente

A decisão de retorno às atividades escolares presenciais também é respaldada no atual momento epidemiológico no estado, que não tem nenhuma região na chamada onda vermelha, a mais restritiva do plano Minas Consciente. Todas as regiões estão na onda amarela, com exceção da Norte, que se encontra na onda verde. Uma situação que favorece as condições para o retorno educacional responsável, segundo o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

“Hoje, o estado só tem macrorregiões nas ondas amarela e verde. Ou seja, todo o estado poderá ter o retorno do ensino superior, sejam elas públicas ou privadas. É muito importante que os reitores e todo o corpo diretivo das instituições de ensino possam ter esse tempo para fazer o alinhamento estratégico do retorno”, esclareceu Passalio.

Agência Minas 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Programa de Educação Ambiental da CENIBRA será ofertado na modalidade online

 Foto: Divulgação/CENIBRA - Jovens terão acesso a educação ambiental
 em plataforma online

Sucesso em 2019, a 1º edição do Programa de Educação Ambiental (PEA) da CENIBRA – Área 1.100 – contou com a participação de 200 pessoas das comunidades de Bom Jesus do Bagre e Perpétuo Socorro (Cachoeira Escura), em Belo Oriente/MG. Agora, diante dos desafios enfrentados com a pandemia em 2020, a empresa responsável pela execução do Programa desenvolveu um aplicativo online, o ECOplanet EAD, com o intuito de levar conhecimento e informação ambiental, além de dar continuidade às atividades do ano anterior. A nova plataforma é leve e pode ser aberta em qualquer smartphone, tablet, notebook ou desktop com acesso à Internet.

Por meio do aplicativo, serão disponibilizados conteúdos educativos, como videoaulas interativas, oficinas sustentáveis, jogos ecopedagógicos, quiz e mentorias. As inscrições podem ser realizadas até o dia 12 de outubro, por meio do preenchimento de um formulário online, ou pelo WhatsApp (31) 3668-4207, ou pelo e-mail peacenibra@ecoplanetead.com.br.

Para Bom Jesus do Bagre, os cursos ofertados são: Coleta Seletiva e Consumo Consciente (para toda a comunidade acima de 11 anos), Recuperação de Nascentes (para toda a comunidade acima de 11 anos), Mundo Jovem e Atitude Ambiental (para os jovens entre 11 a 25 anos), Cidade Sustentável (para os professores e lideranças comunitárias). Para se inscrever nos cursos, acesse o link https://tinyurl.com/y4rd5wg7.

Já em Perpétuo Socorro, os cursos ofertados são: Coleta Seletiva e Consumo Consciente (para toda a comunidade acima de 11 anos), Paisagismo e Jardinagem (para toda a comunidade acima de 11 anos), Mundo Jovem e Atitude Ambiental (para os jovens entre 11 a 25 anos), Cidade Sustentável (para os professores e lideranças comunitárias). Para se inscrever nos cursos, acesse o link https://tinyurl.com/y63l3cbg.

O participante receberá um certificado ao final do curso com carga horária de seis horas, após a conclusão das atividades e rendimento de 60% nas atividades avaliativas. Serão ofertadas 25 vagas em cada curso, totalizando 100 vagas para cada comunidade.

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Vacinação contra o novo coronavírus no Brasil pode começar ainda este ano

Foto: Governo do Estado de São Paulo

São Paulo — O governo de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (23), que a vacina CoronaVac, uma das candidatas contra a Covid-19 que têm previsão de serem produzidas no Brasil, não causou efeitos colaterais em 94,7% dos 50 mil voluntários testados na China. De acordo com o governador João Doria (PSDB), os estudos clínicos no país asiático mostram que, mesmo entre os 5,3% que apresentaram alguma reação adversa, ela foi de baixa gravidade, o que indica que o imunizante é seguro. No Instituto Butantan (SP), que testa a fórmula do laboratório Sinovac há dois meses e vai fabricá-la, existe a expectativa de que haja um resultado preliminar sobre a sua eficácia já em outubro. Com isso, acredita-se que seria possível aplicar doses na população em dezembro.

— Os resultados comprovam que a CoronaVac tem um excelente perfil de segurança, sendo classificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como uma das oito mais promissoras vacinas em estágio final (de testes) no mundo — afirmou Doria, durante coletiva de imprensa.

Entre os 50.027 voluntários chineses testados na fase três — a última antes da aprovação da vacina —, 3,08% apresentaram dor no local da injeção para aplicar a dose, 1,53% relatou fadiga (cansaço), e 0,21% teve febre moderada.

Em São Paulo, dos 9 mil voluntários previstos, todos profissionais da saúde, 5.600 já receberam doses, desde 21 de julho. Segundo Doria, também não foram identificados efeitos graves neste grupo. Dimas Covas, diretor do Butantan, instituto ligado ao governo de São Paulo, disse que os testes no Brasil serão ampliados para 13 mil voluntários e que, nesta etapa, passarão a ser aceitos idosos e crianças.

O governo federal autorizou a liberação de R$ 80 milhões em investimentos na futura fábrica da CoronaVac no Butantan. A produção no local só começará depois que a vacina tiver a segurança e a eficácia comprovadas nos testes.

Pelo acordo do governo de São Paulo com o laboratório chinês Sinovac, a previsão é de que as primeiras 5 milhões de doses da CoronaVac cheguem ao Instituto Butantan para distribuição já em outubro. Mas, para que comece a vacinação, é preciso aguardar a finalização da terceira fase dos testes e a aprovação do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

— Deveremos, por óbvio, aguardar a finalização da terceira e última fase de testagem e também a aprovação da Anvisa, mas na segunda quinzena de dezembro já poderíamos iniciar a imunização — previu Doria, que, na segunda-feira, disse que, até fevereiro, toda a população paulista receberia doses da vacina.

Os primeiros a serem imunizados serão médicos e paramédicos de São Paulo. Até 31 de dezembro, está prevista a chegada de mais 46 milhões de doses da vacina e, até 28 de fevereiro, mais 9 milhões, totalizando 60 milhões.

— Estamos sugerindo, em tratativas com o Ministério da Saúde, que o governo brasileiro compre mais 40 milhões de doses para os brasileiros de outras regiões do país — disse o governador de São Paulo.

Apesar de celebrado, o resultado anunciado nesta quarta-feira é apenas uma continuidade do resultado de segurança atestado pela fase 1, desenhada especificamente para isso. O Instituto Butantan ressalta que, até agora, não existe qualquer indicativo de eficácia da vacina, nem no estudo chinês nem no brasileiro, porque os dados ainda não foram abertos.

No caso do Brasil, para que o resultado do estudo tenha alguma significância estatística, é preciso que ocorra a infecção de pelo menos 154 dos 9 mil voluntários. Só depois disso é que os pesquisadores abrem o sigilo do esquema “duplo cego” para saber quais voluntários foram vacinados e quais receberam apenas um placebo.

O Estado do Rio também participa dos testes da CoronaVac. O Instituto Butantan, a Fiocruz e a Prefeitura de Niterói assinaram um acordo para que voluntários da cidade da Região Metropolitana recebam doses da vacina.

Já há acordos para que pelo menos mais duas vacinas sejam fabricadas no Brasil, além da CoronaVac. O primeiro contrato deste tipo foi assinado pelo Ministério da Saúde com a farmacêutica AstraZeneca, para que o imunizante da Universidade de Oxford, que é testado no país desde junho, seja produzido na Fiocruz, no Rio de Janeiro. E o governo do Paraná assinou acordo com o governo russo para a produção da vacina Sputnik V. Os testes deste imunizante em voluntários brasileiros, no entanto, ainda não começaram.

EXTRA

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Jorge Jesus cita pandemia da Covid-19 como principal motivo para ter deixado o Flamengo

Divulgação

Nunca ficou claro o motivo de Jorge Jesus ter optado por deixar o Flamengo e retornar ao Benfica. Porém, à emissora "TVI", de Portugal, o técnico voltou a falar sobre o assunto. O Mister revelou que o principal fator que o motivou a voltar ao seu país foi a pandemia da Covid-19.

— Houve fatores que fizeram que tomasse esta decisão. Primeiro, a pandemia. Segundo, o projeto que o presidente do Benfica me apresentou. Trabalhei seis anos com ele, é o presidente que melhor me conhece e o presidente que melhor conheço. Me apresentou um projeto vencedor, de dimensão elevada. Achava que ficaria mais um ano no Brasil e só ele é quem podia me convencer — declarou.

Jorge Jesus também fez questão de frisar que a sua boa relação com o mandatário do Benfica, Luís Filipe Vieira, também pesou para abraçar o projeto do Benfica. Sobre o Flamengo, o português lembrou da ambição de conquistar o Mundial de Clubes, algo que bateu na trave na última temporada.

— Me falta ganhar uma Champions e ser campeão do mundo. Com o Flamengo foi por pouco, perdemos a final com o Liverpool. Nunca mais esquecerei o Brasil. E não posso dizer, hoje, que vou acabar a carreira em Portugal. Se ainda vou para o estrangeiro outra vez? É a minha vida, a minha carreira, nunca se sabe.

Ao todo, foram 43 vitórias, dez empates e quatro derrotas de Jesus sob o comando do Flamengo, com os títulos do Brasileirão e da Libertadores, em 2019, e Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Carioca nesta temporada.

EXTRA

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Saiba mais de esportes acessando: https://www.futblogdosorriso.com.br/

Invictos há meses, Bayern e Sevilla disputam o título da Supercopa da Uefa

Foto: JULIAN FINNEY - UEFA/UEFA VIA GETTY IMAGES E
LARS BARON/GETTY IMAGES

Os melhores times da Europa na temporada 2019/20, Bayern de Munique, campeão da Champions, e o Sevilla, vencedor da Europa League, irão medir forças pelo título da Supercopa da Uefa nesta quinta-feira (24/9). Ambas as equipes não sabem o que é perder há meses. Mais especificamente, a última derrota do Bayern foi em 11 de janeiro e a do Sevilla, em 9 de fevereiro.

A equipe alemã comandada por Hansi Flick conquistou a Liga dos Campeões invicto. Venceu todos os jogos da fase de grupos diante do Tottenham, Olympiacos e o Estrela Vermelha, e nem tomou conhecimento dos adversários das oitavas de final, Chelsea, das quartas, Barcelona, da semifinal, Lyon, e do Paris Saint-Germain, na grande final.

Os espanhóis de Julen Lopetegui tropeçaram três vezes: perderam na última rodada da fase de grupos, contra o APOEL (Chipre) por 1 x 0 e empataram os dois jogos com o CRF Cluj (Bélgica) na 1/16 de final, por 1 x 1 na ida e sem gols na volta. Mas, depois, passou pela Roma nas oitavas, pelo Wolverhampton nas quartas, pelo Manchester United na semi e bateu a Inter de Milão num jogo com cinco gols, 3 x 2, para se sagrar campeão.

Apenas os bávaros já tiveram compromissos oficiais da temporada 2020/21. Na primeira e única rodada do Campeonato Alemão disputada até então, o Bayern atropelou o Schalke 04 fazendo 8 x 0: três de Gnabry, um de Goretzka, Lewandowski, Sané, Muller e Musiala. O Sevilla teve dois jogos de pré-temporada e venceu ambos: 3 x 2 sobre o Levante e 2 x 1 sobre o Athletic Bilbao.
Reforçados

Para a campanha atual, os espanhóis saíram na frente nesse quesito com dois reforços a mais. Foram cinco transferências contra três dos alemães. Lopetegui agora conta com Suso, ex-Milan, Óscar Rodríguez, ex-Real Madrid, Rakitic, ex-Barcelona, Bono, ex-Girona, e Marcos Acuña, ex-Sporting. Eles custaram ao Sevilla 53,50 milhões de euros, aproximadamente R$ 299,23 milhões.

Já o Bayern ficou mais forte com as chegadas de Nianzou, ex-PSG, Alexander Nubel, ex-Schalke 04 e Leroy Sané, ex-Manchester City. Para tê-los foi preciso desembolsar 45 milhões de euros, cerca de R$ 251,69 milhões.
Brasileiros

Com o término do empréstimo, Philippe Coutinho deixou o Bayern após a conquista da Champions e voltou para o Barcelona. Assim, não há mais brasileiros no elenco da equipe alemã. Já o esquadrão do Sevilla conta com o zagueiro Diego Carlos e o volante Fernando. Ambos devem estar entre os 11 titulares no jogo desta quinta. O defensor foi o autor do gol que garantiu a vitória dos espanhóis sobre a Inter na decisão da Liga Europa.

A bola rola às 16h, horário de Brasília, no Puskás Arena, em Budapeste, e a partida será transmitida pelo Facebook do Esporte Interativo e Ei Plus.

Metrópoles

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Saiba mais de esportes acessando: https://www.futblogdosorriso.com.br/

Vassouras recheadas com maconha são apreendidas em presídio de João Pessoa

Divulgação

Durante revistas realizadas em materiais que chegaram no presídio padrão de Santa Rita, que fica na Grande João Pessoa, policiais penais encontraram seis vassouras recheadas com drogas. O caso aconteceu nesta quarta-feira (23/9) e as vassouras eram produtos de doação.

De acordo com a direção da penitenciária, os materiais faziam parte de cestas básicas que foram deixadas no local para os apenados. Cinco vassouras foram entregues pela manhã e uma já no período da tarde.

Leia a matéria completa no portal T5

Metrópoles

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Alerta de chuva ácida em Goiás não é motivo para pânico, diz especialista

Reprodução

Na última terça-feira (22/9), a Defesa Civil de Aparecida de Goiânia emitiu um alerta que deixou a população, no mínimo, receosa. Conforme o órgão, levando em conta a “proximidade de chuvas em Goiânia e Região Metropolitana” prevista pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essas mesmas chuvas, quando caírem, poderão ser ácidas e vão requerer cuidado especial da população. Porém, de acordo com o Centro de Informações Meteorológicas de Goiás (Cimehgo), não há nenhum motivo para pânico.

Segundo o gerente do Cimehgo, André Amorim, primeiro é preciso que haja chuvas intensas, o que deve ocorrer somente na 2ª quinzena de outubro. “Pode ocorrer uma entrada de frente fria antes, mas para o começo de outubro eu não estou visualizando”, adianta.

Leia a notícia completa no Mais Goiás

Metrópoles

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa realiza hoje (24) o pagamento de R$ 428,2 milhões referente à primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final 6 do Número de Identificação Social (NIS).

Com mais esse pagamento, foram liberados até hoje R$ 2,5 bilhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 9,6 milhões de pessoas que atendidas pelo Bolsa Família. Ao todo, mais de 16,3 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e receberão, no total, R$ 4,3 bilhões durante o mês de setembro.
Critérios

Para quem recebe o Bolsa Família nada muda. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de Autoatendimento, Unidades Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial totalizando R$ 300 ou R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Agência Brasil 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Alerj aprova impeachment de Wilson Witzel por unanimidade

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou de forma unânime, por 69 votos a favor e nenhum contra, o relatório que pede o impeachment do governador afastado Wilson Witzel. A sessão, realizada nesta quarta-feira (23), reuniu 69 deputados, presencialmente ou de forma remota. Um deputado está afastado por problema de saúde.

O projeto precisava de um mínimo de 47 votos para ser aprovado. A resolução será publicada em Diário Oficial nesta quinta-feira (24) e o Tribunal de Justiça (TJ) será comunicado para dar início à formação do Tribunal Misto. O tribunal é formado por cinco deputados eleitos pela Alerj e cinco desembargadores eleitos por sorteio pelo TJ. A partir da formação do tribunal, o governador é afastado por até 180 dias enquanto os seus membros analisam a questão.

Witzel, que desistiu de comparecer presencialmente à Alerj, falou por videoconferência ao final dos discursos de 28 deputados, todos com críticas a ele. O governador afastado falou por cerca de 60 minutos. Ele se defendeu, dizendo que foi um julgamento injusto: “Estou sendo linchado moral e politicamente, sem direito de defesa. A tirania escolhe suas vítimas. Felizmente a história mostra que mártires nunca morrem”. Citou o Sermão da Montanha, “bem-aventurados os que têm fome e sede de Justiça, porque eles serão fartos”.

Witzel também falou sobre a democracia, criticando a forma como ele foi afastado pela Justiça: “Estamos matando a nossa democracia. O bem maior é o voto. O respeito e a força do voto estão sendo solapados. Eu fui afastado sem o direito de falar, sem inquérito prévio. Estou sendo afastado por 180 dias, em pleno exercício do mandato, outorgado pela população. Não pude exercer o meu amplo direito de defesa”.

Witzel adotou um tom forte, por vezes com ataques ao Legislativo: “Eu jamais fui omisso em ouvir e procurar corrigir. Quantos deputados foram investigar as OSs [organizações sociais]? Se tinha pagamento irregular, os senhores e as senhoras também foram omissos. Muitos aqui jamais me procuraram. Só falam da tribuna, só reclamam, mas não trazem solução nenhuma. Só fazem projetos autorizativos, atos politiqueiros”.

O governador afastado encerrou dizendo que não se importava de ser julgado, porque tinha a convicção que jamais havia praticado ato ilícito: “Não encontraram um centavo na minha conta. Eu não tenho milhões. Só tenho a minha casa no Grajaú. Eu já estou julgado, previamente condenado. Estou sendo amputado do meu cargo. Estou sendo linchado politicamente, de uma forma muito triste. Eu não vim aqui para roubar, vim aqui para mudar a política. E a política não vai me mudar”.
Processo

O início do processo de impeachment de Witzel foi aprovado em 10 de junho, por 69 deputados, de um total de 70 parlamentares . Ele é suspeito de envolvimento em compras fraudulentas e superfaturadas de equipamentos e insumos para o combate à pandemia de covid-19.

Witzel foi alvo, no dia 26 de maio, da Operação Placebo, autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que investiga corrupção na compra de equipamentos e insumos para o combate à pandemia no estado. Além dele, também foram alvos a primeira dama, Helena Witzel, a empresa Iabas, que presta serviços de saúde, e outras pessoas. Os policiais federais chegaram a realizar buscas no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, e na casa da família Witzel, no bairro do Grajaú.

Dias antes, o seu então secretário de Saúde, Edmar Santos, já havia sido afastado do governo, por acusações de desvios na pasta, em favor de grupos empresariais, com o recebimento de propinas .

Witzel foi afastado do poder, por 180 dias, no dia 28 de agosto, no âmbito da Operação Tris in Idem, um desdobramento da Operação Placebo, que investiga atos de corrupção em contratos públicos do governo do Rio de Janeiro. A ação foi autorizada pelo ministro do STJ Benedito Gonçalves.

Agência Brasil 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

STF cassa decisão da Justiça de MG que determina adesão ao Minas Consciente, plano de flexibilização do estado

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, cassou nesta terça-feira (22) a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que determinava a adesão das cidades ao plano “Minas Consciente”, programa do governo do estado que dá diretrizes para flexibilização em meio à pandemia do novo coronavírus. Caso contrário, os municípios deveriam permitir apenas o funcionamento de serviços essenciais.

A decisão do STF atende a um pedido da Prefeitura de Coronel Fabriciano, na Região Leste de Minas Gerais. O ministro Alexandre de Moraes considerou a medida inconstitucional.

O programa Minas Consciente define protocolos sanitários que devem ser seguidos pelas prefeituras do Estado, para que possam fazer a reabertura dos estabelecimentos em meio à pandemia do novo coronavírus.

Nesta terça-feira (22) o governador Romeu Zema disse, por exemplo, que o programa embasaria a volta às aulas em Minas Gerais, ainda neste ano.

Em julho, o TJMG havia determinado, a pedido do Ministério Público, que quem não aderiu ao plano deveria respeitar a Deliberação nº 17, do Comitê Extraordinário Covid-19, criado pelo governo estadual, que “dispõe sobre medidas emergenciais de restrição e acessibilidade a determinados serviços e bens públicos e privados cotidianos, enquanto durar o estado de calamidade pública em decorrência da pandemia”.

Apenas oito municípios mineiros continuam sem nenhum caso registrado de Covid-19 até esta quarta-feira (23). Ao todo, 845 das 853 cidades do estado (99%) já tiveram pacientes diagnosticados com a doença. E, em mais de 65% das cidades – 582 – os infectados acabaram morrendo.

O G1 procurou o governo do estado que ainda não se manifestou sobre a decisão do STF.

G1 Minas 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Estrondo na Usiminas assusta moradores de Ipatinga; siderúrgica esclarece a situação

Reprodução

Moradores de Ipatinga (MG) se assustaram na noite desta terça-feira (22) após um forte estrondo na Usiminas ser ouvido em diversos bairros da cidade. Nas redes sociais, surgiram boatos de nova explosão na siderúrgica, mas a empresa se posicionou pouco depois do fato.

Segundo a Usiminas, houve um incidente no Alto-Forno 1.

“ O equipamento estava em operação e, após passar por manutenção, ocorreu uma anormalidade no processo causando emissão de ruído e chama no topo, percebidos na área externa da usina. O evento foi rapidamente controlado pela equipe técnica, sem consequências para as pessoas”, disse o comunicado da empresa.

O Corpo de Bombeiros informou que não foi acionado para atender a ocorrência.

G1 dos Vales

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Corpo de homem é resgatado em lagoa de Bom Jesus do Galho

Reprodução

O corpo de um homem de 48 anos foi resgatado em uma lagoa do povoado de São José do Porto, em Bom Jesus do Galho, nesta terça-feira (22).

O Corpo de Bombeiros foi acionado por testemunhas que suspeitavam de um afogamento. Ao chegarem no endereço, os militares visualizaram parte do crânio da vítima na superfície da água.

Diante disso, os socorristas se equiparam com roupas de mergulho e recuperaram o corpo até a margem, com o auxílio de cordas.

Segundo os bombeiros, não foram constatados sinais de violência. Testemunhas relataram que a vítima estava desaparecida desde a manhã de domingo (20). O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Caratinga.

G1 dos Vales

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Petrobras eleva preço da gasolina em 4% a partir de quarta; diesel não tem reajuste

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), a alta foi de R$ 0,0646 por litro

A Petrobras informou nesta terça-feira, 22, aos seus clientes que vai aumentar o preço do litro da gasolina vendida em suas refinarias em 4%. Os preços do óleo diesel para consumo automotivo e marítimo foram mantidos. O reajuste passa a valer amanhã, 23.

Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), a alta foi de R$ 0,0646 por litro. "Mesmo com os preços internos subindo, as janelas (oportunidades) continuam fechadas, por causa do dólar", afirmou o presidente da entidade, Sérgio Araujo.

Para o especialista em Petróleo e Gás da INTL FCStone, Thadeu Silva, o preço da gasolina da Petrobras está em linha com o mercado internacional, mas o do óleo diesel está defasado.

Estadão Conteúdo 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Quatro casos de reinfecção por Covid-19 são investigados pelo governo de Minas

Reprodução

A SES considera caso suspeito de reinfecção aquele em que a pessoa apresenta novo quadro clínico "em período acima de 90 dias do primeiro episódio confirmado laboratorialmente".

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) investiga quatro casos suspeitos de reinfecção por Covid-19. Os pacientes são de Belo Horizonte, Contagem, Varginha e Itabirito.

De acordo com o governo do estado, estes casos são aqueles em que a pessoa apresentou “novo quadro clínico em período acima de 90 dias do primeiro episódio confirmado laboratorialmente”.

Estes novos testes serão analisados pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), que fará um sequenciamento genético para verificar a presença de mutações no vírus.

No início do mês, a pasta informou que investigava três casos de reinfecção no estado.

G1 Minas 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Justiça determina fim da greve nos Correios

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu determinar o fim da greve dos funcionários dos Correios e o retorno ao trabalho a partir desta terça-feira (22). O tribunal julgou na tarde de ontem (21) o dissídio de greve dos trabalhadores da estatal, que estão parados desde 17 de agosto, diante das discussões do novo acordo coletivo.

Por maioria de votos, os ministros da Seção de Dissídios Coletivos consideraram que a greve não foi abusiva. No entanto, haverá desconto de metade dos dias parados e o restante deverá ser compensado. Além disso, somente 20 cláusulas que estavam previstas no acordo anterior deverão prevalecer. O reajuste de 2,6% previsto em uma das cláusulas foi mantido.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), a greve foi deflagrada em protesto contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. Segundo a entidade, foram retiradas 70 cláusulas de direitos em relação ao acordo anterior, como questões envolvendo adicional de risco, licença-maternidade, indenização por morte, auxílio-creche, entre outros benefícios.

Durante a audiência, os advogados dos sindicatos afirmaram que a empresa não está passando por dificuldades financeiras e que a estatal atua para retirar direitos conquistados pela categoria, inclusive os sociais, que não têm impacto financeiro.

Os representantes dos Correios no julgamento afirmaram que a manutenção das cláusulas do acordo anterior pode ter impacto negativo de R$ 294 milhões nas contas da empresa. Dessa forma, a estatal não tem como suportar essas despesas porque teve seu caixa afetado pela pandemia.

A empresa também sustentou que não pode cumprir cláusulas de acordos que expiraram, sob forma de “conquista histórica” da categoria.

Agência Brasil 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/

Comoção no Norte de Minas pela despedida a vítimas de tragédia na BR-365

Foto: PRF/Reprodução

Esta segunda-feira (21) foi marcada pela dor e comoção em quatro cidades do Norte de Minas, onde foram sepultados os corpos de 10 das 12 pessoas que morreram na batida entre uma van e um caminhão, na BR-365, no município de Patos de Minas, no Alto Parnaíba, na madrugada de domingo (20). Os sepultamentos ocorreram nas cidades de São João da Ponte (4), Januária (4), Brasília de Minas (1) e Pedras de Maria da Cruz (1).

A tragédia aconteceu no Km 373 da BR-365, na chamada 'Curva dos Moreira", trecho altamente perigoso, entre Patos de Minas e Varjão de Minas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista da van teria tentado desviar de um galho de arvore que caiu na pista por causa de uma queimada na vegetação na lateral da estrada. Com a manobra, bateu de frente com o caminhão que estava carregado de limão.

As causas do acidente, no entanto, ainda serão apuradas em inquérito aberto pela Polícia Civil de Patos de Minas.

A van transportava pessoas do Norte de Minas, a maioria jovens, que deixaram a região de origem – castigada pela seca, para trabalhar em lavouras de café em Patrocínio, no Alto Paranaíba. Dos 12 ocupantes do veículo, apenas um sobreviveu. O motorista do caminhão também morreu.

O único sobrevivente do acidente é Mário Teixeira Xavier, de 26 anos, que continua internado em estado grave, porém, estável, no Hospital Regional Antônio Dias, em Patos de Minas.

Dos 12 mortos na tragédia, apenas dois não foram sepultados no Norte de Minas: o motorista do caminhão, Renato Santos Dantas, 31, levado para Itabaiana (SE); e David Fernandes da Silva, de 41, um passageiros da van. Este último é natural de São João da Ponte, mas foi sepultado em Patrocínio, onde a família mora, atualmente. 

Os sepultamentos

Quatro corpos foram sepultados em Januária: de Elizabeth Carneiro Mota, de 51 anos, e do neto dela, Victor Eduardo Mota, de nove; e dos adolescentes Tamires Alves Pereira, de 13; e João Pedro Cordeiro Martins, de 14.

Em Pedras de Maria Cruz (vizinha a Januária, da qual é separada por 13 quilômetros) ocorreu o sepultamento de Daniel Alves do Nascimento, de 38. Daniel era tio do adolescente João Pedro.

O acidente com a van de trabalhadores provocou comoção e dor no município de São João da Ponte, onde foram sepultadas quatro vítimas da tragédia, sendo que três delas tiveram um velório coletivo na comunidade rural de João Moreira: os irmãos Leandro Pereira da Silva, de 35, e Rubens Pereira da Silva, de 30; e Magno Pereira Oliveira, de 36. Rubens era primo de Leandro e Rubens.

O corpo de Wallisson Soares Cordeiro, de 27, motorista da van, foi enterrado na comunidade de Boa Vista, em São João da Ponte.

Ainda nesta segunda-feira, foi sepultado em Brasília de Minas o corpo de Júneo Antunes de Jesus, 25 anos, outro jovem do Norte de Minas que fugiu da seca para tentar o sustento em lavouras de café em Patrocínio e perdeu a vida na tragédia na estrada.

Estado de Minas 

Acesse nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/RadioLivre.Portal/